Resistências Elétricas

Mostrando 1-30 de um total de 540 artigo(s)

Resistência Elétrica | Resistores | Resistor

Comprar Resistores ao melhor preço. Envios em 24/48h. Vários tipos de Resistência Elétrica para o seu projeto! Encontre o resistor certo na sua Loja de eletrónica Nacional PTRobotics!

O que é uma Resistência Elétrica?

As resistências são um dos componentes base de qualquer circuito eletrónico. É muitas vezes o componente que menosprezamos, mas desempenha um papel fundamental no funcionamento de todos os circuitos elétricos e eletrónicos. A resistência é um componente que tem uma resistência definida e tem como função limitar a corrente elétrica ou o fluxo de eletrões através de um circuito elétrico. As resistências são componentes discretos e passivos que estão normalmente ligados à configuração de circuito mais complexos que envolvem semicondutores como transístores e/ou circuitos integrados desde amplificadores operacionais a microcontroladores. A sua utilização mais comum é na construção de limitadores de corrente, divisores de tensão ou até mesmo como resistência de polarização à entrada das portas I/O de um microcontrolador.

A unidade de medida é o ohm e representa-se com a letra ómega Ω ou R, como simbolo num esquemático é normalmente representada da seguinte forma:

Pode apresentar valores desde os mΩ ou 0.xR, passando pelos kΩ ou K, até aos MΩ ou M.

Como funciona uma Resistência Elétrica ou um Resistor?

Nesta explicação de electrónica essencial, o objectivo é ensinar a ler e utilizar uma resistência vulgaríssima de carvão.

Num circuito electrico as resistências utilizam a lei de ohm para se regerem, R(Ω)=U(V) / I(A) , normalmente abreviamos para R=U/I em que U é a tensão em volts a que a resistência está sujeita nos seus terminais e I a corrente em Amperes que a atravessa.

As resistências são normalmente medidas segundo um código de cores conforme o exemplo seguinte e quando a resistência não segue esse mesmo código de cores, o valor é inscrito na mesma. A potencia é também um fator importantíssimo a considerar porque é o máximo que a resistência pode aguentar como componente passivo atravessado por uma corrente, ou seja, não podemos utilizar uma resistência num circuito que faça com que se ultrapasse a sua maxima potencia definida pelo fabricante. Esta potencia é calculada por uma formula derivada da lei de ohm:

P=R.I2 ou P=V2/R a potencia é medida em Watt’s

Tabela de Cor das Resistências | Resistor color code

Tabela de Cor das Resistencias  Resistor color code ptrobotics

Então e se associarmos resistências, como é que se comportam? As resistências podem ser associadas em paralelo ou em série e são calculadas da seguinte forma:

Resistências em série

Resistências em paralelo

RTotal=R1+R2+…+Rn1/RTotal=1/R1+1/R2+…+1/Rn

Um exemplo prático é o do circuito que alimenta um led e que muitas vezes nos interrogamos que resistência usar. Imaginemos que precisamos de limitar a corrente que percorre um led, um led não pode ser percorrido por uma corrente infinita, senão seria destruído e nesse caso temos de limitar a sua corrente, imaginemos também que seria ligado à saida de um microcontrolador como um Arduino. Os pinos de saida dos Arduinos normalmente colocam 5V na sua saida e o led segundo as características do fabricante apenas suporta uma corrente máxima de 20mA ou seja, temos de limitar a corrente no circuito para 20mA. Os led’s como semi-condutores que são têm uma queda de tensão (podemos supor 2V) e aplicando a lei de ohm chegamos à seguinte formula:

R=VPinoArduino-Vled/ IMaxLed=….

Outro exemplo prático é o do divisor de tensão, ou seja, utilizar duas resistências para descer o valor da tensão através da utilização de 2 ou mais resistências em série

Duas resistências são ligadas a uma tensão de entrada Vin e o outro extremo ligado à massa.

No ponto intermédio existe uma tensão inferior obtida também ela através da lei de ohm:

Utiliza-se muitas vezes este circuito para adaptar circuitos de 5V para 3.3V ou como existem resistências que variam com a luminosidade (LDR – Light Dependent Resistor) podemos construir um circuito para medir a luminosidade através de um divisor de tensão como o exemplo à direita.

As resistências são um dos blocos principais de um circuito electrico e esta edição fornece um simples kit de resistências muito útil em qualquer circuito electrónico com valores habituais.

Muito mais haveria a dizer e muito ficou ainda por explicar, mas ficam aqui algumas bases que esperamos que sejam uteis nos seus projetos!

Produto adicionado a lista de desejos

Ao continuares a navegar estás a consentir a utilização de cookies que possibilitam a apresentação de serviços e ofertas adaptadas aos teus interesses. Poderá consultar no seguinte link a nossa Politica de Cookies